Translate

terça-feira, 15 de junho de 2010

Chegou a hora do Adeus.

Mais uma pagina virada.
Já separei todas as suas coisas, mas guardei comigo o seu sorriso.
Nós somos apenas dois estranhos e dizer isso doí.
Mas já não há nada que nos prenda. 
Agora cabe a vida nos mostrar o que ganhamos e perdemos.
Tenho a plena certeza que daqui pra frente, eu mudarei.
Guarde o melhor de mim no seu coração, que eu aqui farei o mesmo.
Pode crer será melhor assim; um dia nos perdoaremos.
Peço perdão mais uma vez, mas eu preciso dizer adeus, porque sei que irei me curar quando eu disser ADEUS!

3 comentários:

Ananda, disse...

Tudo anda tão triste por aqui! E seus desabafos por vezes me molham o rosto, quando eu faço uma relação deles com os meus. Enfim, suas palavras comovem, beijos.

Vitinho Stifler disse...

Dizer adeus à certas verdades não condiz com o que faz nosso coração bater de verdade.

As pessoas gostam de fugir, é muito mais fácil do que realmente crescer!


gostei do seu texto, beijão, foi bom te ver

Ana Ulian disse...

olá prima...amei seu texto...bom amo todos os textos...sempre visito seu blog que é lindo!!!!
bjos