Translate

sexta-feira, 2 de julho de 2010

O amor que sei descrever é avassalador.

O amor é uma chama viva e acesa que vai queimando dentro de nossos corações;essa chama vai nos consumindo aos poucos, formando assim um circulo flamejante dentro de nós, e neste momento nos deparamos com um desejo selvagem (que se deriva do próprio amor) vai nos dominando.Quando se ama deixa de existir ser adulto e responsável ( não que todos os adultos sejam responsáveis), e passar a nascer uma  criança ( com desejos selvagens) e é exatamente por este motivo eu creio que o amor tem um gosto doce, tão doce quanto o algodão doce. Por mais que seja doce, o amor é avassalador, despenteia, faz transpirar, ilumina o corpo e alma e não nos deixa morrer. Esse sentimento abstrato nos deixa indefesos e inconscientes ( cheguei a pensar que deveria ser feito uma reforma em nosso Código Civil, pois as pessoas que amam deveriam ser Inimputáveis). O amor nos fazer agir duas vezes antes de pensar. Shakespeare certa vez  disse que o amor é a unica loucura de um sábio e a unica sabedoria de um tolo. Para o amor não existe tempo, hora, minutos, segundos, muito menos milésimos de segundo, o amor quando vem, vem feito furacão. Será o amor um estelionatário? Como já disse há um tempo atrás em um post, o amor é desconhecido ate para aqueles que já tiveram uma vida cheia de amores, ao mesmo tempo em  que o amor é cego ele nos da uma visão mais aguçada das coisas, podendo assim dizer que ele é um verdadeiro mutante. O amor não pode ser contido, não pode ser medido, o amor queima feito vulcão,incendeia os corações apaixonado e arrepia todo o corpo, alma e espirito ( que fique cristalino, alma e espírito não são equivalentes) o amor é um desejo incontido.Não existe uma descrição correta, nem uma definição perfeita para o amor, mas o amor que sei descrever é avassalador.

2 comentários:

Vitinho Stifler disse...

Amor faz a gente sair do vermelho...

Faz-nos olhar pro espelho, que lindo...que lindo


Silenciar gritos? periogoso amor avassalador, é nessa pegadaaaa

Curto seus textos parceira, saudade

precisamos voltar aos papos, altas novas!

beijão

- disse...

- Parceirooo!
Obrigadaa pelo seu comentarioo!
Precisamos mesmo de voltar aos papos!
Tbm tenho altas novas! *-*
saudadeee!
bjãoo!